Apreendedorismo: Dicas e Materiais sobre Empreendedorismo, Negócios e Marketing

6 ferramentas de marketing fundamentais para o seu negócio

Bons resultados dependem de estratégias eficientes. Para que elas sejam executadas, as ferramentas de marketing são indispensáveis. Só assim é possível alcançar resultados eficientes, desenvolver sua marca e crescer no mercado.

Este post vai mostrar quais são as 6 principais ferramentas utilizadas atualmente, explicar no que elas consistem e apontar quais retornos positivos trazem ao seu negócio. Confira a seguir!

1. Benchmarking

Para executar o melhor é sempre importante se basear por quem já apresenta bons resultados. O benchmarking é uma ferramenta que visa o desenvolvimento e melhorias, sempre tendo como parâmetro um resultado específico.

A proposta é desenvolver novos métodos, práticas e colocar ideias inovadoras para funcionar. Tudo isso com apenas um propósito: superar os próprios resultados da empresa e ficar sempre acima de quem apresenta as melhores marcas no mercado.

Para conhecer esse benchmarking, ou seja, esse resultado usado como referência, é preciso executar estudos e análises. Esse trabalho vai possibilitar identificar qual concorrente é aquele a ser batido. Se ele for superado, seu negócio vai atingir objetivos e metas com mais facilidade.

Para colocar o benchmarking em prática, é preciso avaliar as seguintes questões.

  • posicionamento dos concorrentes nas redes sociais e em quais plataformas estão presentes;
  • como é feita a abordagem com o público e como se dá essa comunicação;
  • quais estratégias de marketing eles utilizam;
  • comparar ações e entender se as suas ou dos concorrentes desempenham melhor;
  • verificar a experiência de interação e navegação do consumidor diante das mídias e dos sites do concorrente;
  • mapear os processos e entender o quanto é viável para o seu negócio.

É fundamental avaliar sempre aquelas empresas que são concorrentes diretas, preferencialmente as que são referências. Assim, seu parâmetro será sempre o mais alto.

2. Matriz SWOT

A Matriz SWOT é uma ferramenta muito simples, mas que traz insights claros e importantes para tomar decisões estratégicas. Ela pode ser perfeitamente aplicada quando a proposta for analisar as práticas de marketing do seu negócio.

A ideia é simples: relacionar em um quadro 4 tópicos: Forças (Strengths), Fraquezas (Weaknesses), Oportunidades (Opportunities) e Ameaças (Threats). Em cada um desses tópicos, são preenchidos fatores que se associem a ele, permitindo uma análise mais clara da situação atual da empresa.

Ao analisar esses tópicos, é possível identificar em que sua empresa é forte e tem apresentado bons resultados, em quais pontos precisa melhorar, quais oportunidades tem no mercado e o que o segmento traz como ameaças.

A partir disso, sabendo todas essas questões, pode-se trabalhar em ações pontuais, desenvolvendo uma estratégia de atuação. A Matriz SWOT é fundamental para mostrar o caminho, e, por isso, é fundamental utilizar outras ferramentas em conjunto para dar sequência ao plano de marketing.

3. Customer Relationship Management (CRM)

O CRM é uma das ferramentas comerciais e de marketing mais populares e que é usada por praticamente toda empresa que tem estratégias sólidas. Sua aplicação é em prol do gerenciamento das relações com os clientes, reunindo dados, conhecendo seu histórico e apontando oportunidades.

O consumidor é o ponto principal de foco das empresas atualmente. Eles estão cada vez mais exigentes, e o CRM permite ao seu negócio atender a todas essas solicitações. Há um fator principal no trabalho com essa ferramenta, que é a possibilidade de conhecer melhor o cliente.

Ao fazer essa gestão de relacionamento, seu negócio estará de posse de dados importantes, como por exemplo.

  • Informações de contatos;
  • informações sobre preferências;
  • histórico de consumo;
  • histórico de chamados e reclamações;
  • histórico de vendas;
  • histórico das ações de marketing.

Esses dados funcionam como um dossiê do consumidor. Se a sua empresa o conhece a fundo, sabe exatamente do que ele precisa, o que ele quer e o que talvez possa interessá-lo. Isso gera boas oportunidades, melhora o relacionamento e fideliza.

Na prática, a empresa sabe exatamente como desenvolver suas ações de marketing, já que ela tem dados sólidos do consumidor. Essa precisão reflete em acertos ao decidir o tom de comunicação, a plataforma de contato e uma série de outras questões.

4. Pesquisas de marketing

Simples, práticas e com um retorno preciso. As pesquisas de marketing são uma forma comum de entender comportamentos, hábitos e preferências do mercado. É fundamental que o foco seja sempre o seu consumidor, ou pelo menos a sua audiência, já que é para eles que suas estratégias são direcionadas.

Essas pesquisas podem ser feitas de maneira muito simples. A análise de métricas é uma possibilidade real e que ajuda seu negócio a entender como o público interage com suas ações.

Publicações e campanhas em redes sociais oferecem resultados que ajudam a entender a aceitação e a interação do consumidor com o que você planejou, por exemplo.

Entretanto, você pode fazer pesquisas muito básicas em plataformas de perguntas, como o Google Forms. Lá você pode questionar sua audiência da forma que quiser, indo diretamente aos assuntos que precisa saber. O retorno é direto e permite uma avaliação muito transparente.

Dependendo da quantidade de clientes que tiver, pode selecionar uma amostra e realizar as pesquisas. Cuidado com o tanto de pesquisas que irá realizar, lembre-se que cada pesquisa é um novo impacto no seu cliente.

 

5. Segmentação de mercado

A segmentação pode ser pensada de acordo com as pesquisas que você fez. Essas ferramentas de marketing são potencializadas quando feitas em conjunto. A proposta aqui é simples: desenvolver ações pensando diretamente no seu público e as direcionando a ele.

Segmentar é colocar em práticas estratégias que atendam as características do seu consumidor. Para isso, são considerados dois volumes de dados: psicográficos e demográficos. O primeiro trata dos hábitos de consumo, interação, costumes sociais e outros pontos comportamentais.

Já os dados demográficos são mais gerais, apontando faixa etária, localização geográfica, gênero e outros pontos. Para segmentar com qualidade, é preciso direcionar campanhas com filtros eficientes, que façam as ações de marketing atingir as pessoas certas.

 

6. Marketing digital

O digital é hoje o ambiente principal das ferramentas de marketing. É impossível pensar em uma estratégia eficiente sem considerar o ambiente online. As redes sociais e os anúncios patrocinados são a grande base dessas ações, oferecendo retornos concretos.

No digital, você se comunica de maneira mais próxima ao público. Entretanto, lembre-se de escolher a plataforma certa, o tom adequado e o posicionamento com o qual a audiência se identifique.

marketing digital também apresenta uma característica fundamental: todas as ações podem ser mensuradas. Esse fator aumenta consideravelmente a precisão de campanhas, já que você sabe exatamente se elas estão performando bem ou estão abaixo da expectativa.

As ferramentas de marketing são ótimas alternativas para ter estratégias cada vez mais precisas. Lembre-se de que os melhores resultados vêm para as empresas que usam vários desses recursos em conjunto.

Aproveite e saiba mais sobre como otimizar os seus anúncios de links patrocinados!

Quer ficar por dentro de todas as novidades? Cadastre-se e receba nossos conteúdos