Apreendedorismo: Dicas e Materiais sobre Empreendedorismo, Negócios e Marketing

Marketing de conteúdo: o que é e por que implementar essa estratégia?

As propagandas invasivas, embora necessárias em muitos casos, podem estragar a experiência dos usuários na web. Imagine, por exemplo, entrar em um site e ter de fechar diversos pop-ups com anúncios. Nada agradável, correto? Porém, existe uma solução para divulgar o seu negócio sem aborrecer os consumidores: estamos falando do marketing de conteúdo.

Essa estratégia tem feito bastante sucesso entre as empresas que investem em mídias digitais. A explicação é simples, além de proporcionar um bom relacionamento com o público, o marketing de conteúdo dá resultados consistentes.

Neste artigo, você vai aprender o que é marketing de conteúdo, como funciona essa estratégia, seus benefícios e como planejar e executar suas ações. Continue lendo e confira!

O que é marketing de conteúdo?

É bastante provável que você tenha assistido a algum tutorial no YouTube ou acessado um blog para ler um artigo nesta semana. Ainda há grandes chances de esses materiais serem frutos de uma estratégia de marketing de conteúdo.

Em poucas palavras, podemos definir esse método como um meio de atrair usuários, criar engajamento com a marca e convertê-los em clientes após um processo de educação. Portanto, o marketing de conteúdo não tem como foco principal vender em um primeiro momento, mas educar o consumidor e guiá-lo durante sua jornada de compra.

Em vez de impactar o público-alvo com um anúncio chamativo, mostrando o seu produto ou serviço, você o fisga com conteúdos relevantes. A concretização da venda é uma consequência das suas ações.

Os materiais podem ser elaborados em diferentes formatos e publicados em diversas mídias. O blog costuma ser o canal mais utilizado devido às suas inúmeras possibilidades. Por meio dele você pode disponibilizar:

  • artigos;

  • infográficos;

  • vídeos;

  • e-books;

  • whitepapers.

Os mecanismos de busca, como o Google, são grandes aliados para os conteúdos serem encontrados pelo público-alvo. No entanto, é aconselhável utilizar ferramentas de anúncios patrocinados para reforçar a sua estratégia e aumentar a sua visibilidade.

Como funciona essa estratégia?

Os conteúdos devem ser elaborados para atender todos os passos do consumidor durante sua jornada de compra. Basicamente, eles passam pelas seguintes etapas:

  • aprendizado;

  • reconhecimento do problema;

  • consideração da solução;

  • decisão.

Nos dois primeiros estágios, é preciso criar materiais que possam atrair a atenção dos usuários. Eles costumam ser bastante didáticos e abrangentes. Se você tem uma empresa de decoração, por exemplo, pode criar um artigo listando os temas de festas infantis mais populares.

Na fase de consideração, encontram-se os usuários que consumiram os conteúdos e identificaram uma necessidade não conhecida antes. Apesar de ainda não ser o momento para vender o seu serviço, você pode ser mais específico.

Nessa etapa, uma boa pedida é criar materiais mais densos, como um e-book, para ajudar essas pessoas a solucionarem seus problemas. Uma estratégia bastante comum é explicar os benefícios em contar com uma empresa especializada na área.

Por fim, no estágio de decisão, a equipe de vendas entra para trabalhar em conjunto com o departamento de marketing. O cliente em potencial já sabe a melhor solução para o problema identificado, falta apenas um bom motivo para ele concluir a compra. Cases de sucesso e testemunhos dos que se deram por satisfeitos funcionam muito bem nessa etapa.

Quais são os benefícios do marketing de conteúdo?

Melhora a sua visibilidade

Um dos principais fatores para deixar o seu site bem posicionado nos resultados orgânicos do Google é o conteúdo de qualidade. Os mecanismos de busca, na maioria das vezes, dispõem de algoritmos avançados para identificar os conteúdos mais relevantes para os usuários que fazem suas pesquisas.

Sem contar que as pessoas compartilham as publicações que consideram interessantes. Logo, apenas com materiais bem elaborados, é possível atingir muitos usuários sem investir em campanhas pagas.

Aumenta a sua autoridade

Grande parte dos consumidores na web têm ao menos um blog, um canal no YouTube ou uma página em alguma rede social que eles acompanham semanalmente. Quando encontramos pessoas ou veículos de comunicação que entregam conteúdos de qualidade, dificilmente deixamos de visitá-los com frequência. Ao longo do tempo, eles se tornam autoridade no assunto.

Então, por que não fazer isso com a sua marca? Com um bom planejamento, conhecimento na área e um pouco de talento para produzir materiais, você consegue conquistar seguidores fiéis. Dessa maneira, as chances de esse público fazer negócio com a sua empresa aumentam consideravelmente.

Reduz o gasto com campanhas pagas

Como dissemos há pouco, por meio de conteúdos relevantes é possível ficar bem posicionado no Google de forma orgânica. Não é do dia para a noite que isso acontece, é necessário ter paciência e dedicação.

No entanto, ao conquistar os primeiros resultados nos mecanismos de busca, o tráfego em seu site cresce e você fica menos dependente dos links patrocinados. Depois de algum tempo, com uma estratégia bem estruturada e muitos materiais publicados, o setor comercial passa a receber contatos qualificados.

Os consumidores chegam educados à equipe comercial

O principal benefício de o consumidor chegar bem educado ao setor comercial é que os vendedores conseguem uma taxa de conversão maior. Afinal de contas, é mais fácil vender para quem já conhece e demonstrou interesse em seus produtos ou serviços.

Como planejar e executar uma estratégia de marketing de conteúdo?

Pois bem! Agora que você já sabe como funciona o marketing de conteúdo e seus benefícios, chega o momento de colocar a estratégia em prática. Não existe um passo a passo que funciona para todos, é preciso levar em consideração as peculiaridades do seu negócio e o perfil do público.

Contudo, montamos um guia que vai facilitar bastante esse processo. Confira abaixo.

  1. Colete muitas informações sobre o seu público-alvo, como os interesses, dificuldades, hábitos, entre outros aspectos;

  2. Em posse desses dados, defina os assuntos que serão trabalhados em seus canais de comunicação. Lembre-se de usar o Google Keyword Planner para encontrar as melhores palavras-chave;

  3. Estabeleça a quantidade e periodicidade de conteúdos que serão publicados em cada estágio da jornada do consumidor. Geralmente, o processo de aprendizado e reconhecimento do problema recebem o maior número de materiais;

  4. Conte com especialistas no segmento para criar bons conteúdos sobre os temas propostos; 

  5. Monitore o comportamento dos usuários frequentemente. Assim, você descobre quais são os conteúdos mais acessados ou rejeitados para ajustar a sua estratégia;

  6. Utilize outros canais, como as redes sociais, para divulgar os conteúdos e fortalecer o canal principal.

Viu o quanto o marketing de conteúdo é benéfico para a sua empresa? Por meio dele você é encontrado por um público qualificado, cria um bom relacionamento e aumenta as suas vendas. Mesmo sendo uma estratégia de longo prazo, vale a pena investir para a longevidade do seu negócio.

Quer receber conteúdos fresquinhos em sua caixa de e-mail? Assine nossa newsletter e fique por dentro das novidades!

Quer ficar por dentro de todas as novidades? Cadastre-se e receba nossos conteúdos